Find Our Schools

Tel: +44 (0)1223 551130

Email: cmo@callan.co.uk

Portuguese Preface

Bem-vindo ao Método Callan

Aprender inglês com o Método Callan™ é rápido e eficaz!

O Método Callan é um método de ensino criado especificamente para aprimorar o seu inglês em um ambiente intensivo. O professor está sempre fazendo perguntas, e assim você ouve e usa a língua ao máximo possível. Quando você fala, durante a aula, o professor corrige os seus erros gramaticais e de pronúncia, e você aprende muito com essas correções.

O Método Callan ensina o vocabulário e a gramática da língua inglesa de uma forma cuidadosamente programada, com revisões e reforços sistemáticos. As aulas incluem bastante prática de linguagem falada e compreensão auditiva, mas também de leitura e redação, para que você possa revisar e consolidar o que aprendeu.

Com o Método Callan, o professor fala rapidamente, para que você aprenda a compreender o inglês falado em sua velocidade natural. Isso significa também que todos devem estar concentrados o tempo inteiro.

Aprenda inglês em um quarto do tempo

O Método Callan pode ensinar a língua inglesa em um quarto do tempo necessário em qualquer outro método do mercado. Em vez das 350 horas normalmente necessárias para que o estudante médio chegue ao nível do Cambridge Preliminary English Test (PET), o Método Callan pode levar apenas 80 horas, e apenas 160 horas no caso do Cambridge First Certificate in English (FCE).

O método é adequado a estudantes de todas as nacionalidades e idades. Não necessita de livros adicionais nem de qualquer equipamento (nem mesmo uma lousa), e pode ser usado em aulas de escolas particulares, escolas públicas e universidades. Os alunos também podem usar os livros para praticar uns com os outros quando não estiverem na escola.

Além disso, podem praticar o seu inglês pela internet usando os exercícios interativos, disponíveis para estudantes matriculados em escolas licenciadas. Peça à sua escola para lhe fornecer mais detalhes.

O Método Callan na prática

Uma aula de inglês do Método Callan provavelmente é muito diferente das aulas a que você já assistiu. Você não fica sentado, em silêncio, fazendo um teste de compreensão da leitura ou um exercício de gramática de algum livro. Você não pratica a “conversação livre”, onde as pessoas usam apenas o inglês com o qual já se sentem confortáveis. É claro que tais atividades podem ser úteis, mas são algo que você pode fazer em casa com um livro, ou em um café. Nas aulas do Método Callan, você se ocupa com atividades importantes, que não teria como praticar fora da sala de aula. Você ouve inglês o tempo todo. Você fala muito em inglês, e todos os seus erros são corrigidos. Você aprende rapidamente, pois está sempre imerso na língua. Não existe silêncio, nem tempo para o tédio ou a perda de concentração. E além de tudo, é divertido!

O que acontece exatamente nas aulas do Método Callan, e como ele funciona?

O professor faz perguntas a você

Os livros do Método Callan são cheios de perguntas. Cada pergunta serve como prática para uma palavra, expressão ou conteúdo gramatical. O professor fica de pé, e faz as perguntas aos alunos, um por um. Você nunca sabe quando o professor vai lhe perguntar alguma coisa, e por isso está sempre concentrado. Quando um aluno termina de responder alguma pergunta, o professor imediatamente faz a pergunta seguinte.

O professor fala rapidamente

Nas aulas do Método Callan, o professor fala rapidamente. Isso porque, no mundo real, é normal falar rapidamente. Se você quer compreender o inglês normal, deve praticar a compreensão da linguagem falada em sua velocidade rápida natural, e ser capaz de compreender a língua sem traduzi-la primeiro para a sua língua materna. A ideia de não traduzir é um dos fundamentos do Método Callan: com este método, você começará a pensar em inglês.

Nós também não queremos que você pare e pense muito na gramática ao falar. Queremos que você fale instintivamente, como um reflexo. E não se preocupe com os erros. Você irá, é claro, cometer muitos erros nas aulas, mas os professores do Método Callan os corrigirão, e você aprenderá com as correções. Em casa, é claro que ler o livro, pensar na gramática, estudar o vocabulário e fazer tudo que os estudantes de idiomas fazem em seu tempo “livre” pode ajudar – mas as aulas são o momento de se praticar a compreensão auditiva e as habilidades orais, com os livros fechados!

O professor repete cada pergunta, e ajuda você com a resposta

Na sala de aula, o professor fala rapidamente, e por isso as perguntas são repetidas uma vez. Dessa forma, você tem uma segunda chance, caso não tenha entendido tudo na primeira tentativa.

A seguir, o professor imediatamente informa o começo da resposta. Isso é para ajudar você (e “incentivar” você) a começar a falar imediatamente. Por exemplo:

Professor: “Are there two chairs in this room? Are there two chairs in this room? No, there aren’t…”
Aluno (imediatamente): “No, there aren’t two chairs in this room; there are twelve chairs in this room.”

Caso o professor não o “incentive”, fornecendo o começo da resposta, você pode começar a pensar demais, e traduzir para a sua língua materna.
O professor falará com você o tempo todo enquanto você verbaliza a sua resposta. Assim, se você esquecer uma palavra ou não tiver certeza do que dizer, o professor lhe dirá a palavra seguinte. Você deve repetir o que o professor diz e imediatamente tentar completar resposta por conta própria. Você deve sempre tentar continuar a falar, e copiar o professor apenas quando não for capaz de continuar sozinho. Dessa forma, você terá mais confiança, e aprenderá com mais rapidez. Nunca espere pela ajuda do professor para só depois copiar. Seu progresso não será tão rápido dessa forma.

Respostas longas, com a mesma gramática da pergunta

Queremos que você pratique suas capacidades orais ao máximo, e por isso você sempre formulará frases completas ao falar nas aulas, usando a mesma estrutura gramatical da pergunta. Por exemplo:

Professor: “About how many pages are there is this book?”
Aluno: “There are about two hundred pages in that book.”

Dessa forma, você não está apenas respondendo a uma pergunta: está formulando frases completas, com o vocabulário e a gramática que precisa aprender.

Correção através da imitação

Com o Método Callan, o professor corrige todos os seus erros no momento em que você os comete. O professor corrige você imitando (copiando) o seu erro, e então fornecendo a pronúncia/forma correta da palavra. Por exemplo, se você disser: “He come from Spain”, o professor rapidamente dirá: “not come – comes”. Essa correção através da imitação ajuda você a ouvir a diferença entre o seu erro e a forma correta em inglês. Você deve repetir imediatamente a palavra correta e continuar a sua frase. Você aprende muito com essa correção dos erros, e as correções constantes resultam no progresso rápido.

Formas contraídas

Nas aulas, o professor usa contrações (“I don’t” em vez de “I do not”, por exemplo). Isso porque é normal usar contrações no inglês falado, e você precisa aprender a entendê-las. E para soar natural ao falar, você precisa aprender a usá-las.

Estrutura das aulas

Cada escola é diferente, mas uma típica aula de 50 minutos do Método Callan inclui 35 minutos de prática oral, 10 minutos de leitura e 5 minutos de ditado. A prática da leitura e o ditado geralmente acontecem na metade da aula.

Na parte de leitura, você lê e fala enquanto o professor o ajuda e corrige os seus erros. No ditado, você pratica a escrita, mas também escuta o professor. Ou seja, uma aula de 50 minutos do Método Callan consiste em 50 minutos de inglês falado, sem silêncio!

Nada de conversa

Embora o Método Callan enfatize a importância da prática oral, isso não significa necessariamente bater papo (conversação livre). Você aprende inglês rapidamente com o Método Callan em parte porque as lições são organizadas, eficientes, rápidas e intensas. Ninguém perde tempo conversando. Isso você pode fazer antes ou depois das aulas.

Conversar não é uma boa forma de passar o tempo em uma aula de inglês. Em primeiro lugar, apenas alguns dos alunos falam. Em segundo lugar, em uma conversa, as pessoas só usam o inglês que já dominam. Em terceiro lugar, é difícil para um professor corrigir erros durante uma conversa.

O Método Callan não tem nenhum desses problemas. Durante toda a aula, os alunos escutam e falam, praticando vários termos de vocabulário e estruturas, e aprendendo com as correções dos seus erros. E ninguém tem tempo para o tédio!

Repetição, repetição, repetição!

Revisões sistemáticas

Em sua língua materna, você de vez em quando lê ou escuta uma palavra que ainda não conhece. Geralmente, você precisa ler ou escutar essa nova palavra apenas uma vez para memorizá-la e começar a usá-la. Mas ao aprender uma língua estrangeira, as coisas são bem diferentes. Você precisa escutar, visualizar e usar as palavras e estruturas gramaticais muitas vezes antes de saber como usá-las corretamente. Por isso, os seus estudos devem envolver um sistema de revisão (repetição do conteúdo estudado). Isso é absolutamente essencial. Quando os estudos não incluem um sistema de revisão, você se esquece do que já estudou, e não consegue falar ou entender o idioma melhor do que antes.

É claro que nas aulas do Método Callan você aprende coisas novas, pratica e avança pelo conteúdo do livro. Mas você também fará muitas revisões, para aprender realmente o que estudou. A quantidade de revisões de que a turma precisa fica a critério do professor, mas elas sempre serão uma parte importante dos estudos.

Graças à intensidade das revisões, não é importante que você entenda tudo da primeira vez. Fica cada vez mais fácil. As revisões do Método Callan são automáticas e sistemáticas. Todos os dias, você faz muitas revisões, e depois aprende algo novo em inglês.

Revisões na leitura e nos ditados também

A prática da leitura e dos ditados nas aulas também faz parte das revisões sistemáticas do Método Callan. Primeiro, você aprende uma nova palavra na parte oral da aula. Algumas aulas depois, você a encontra novamente durante a leitura, e finalmente, ela aparece em um ditado. Isso está previsto no Método Callan, e acontece automaticamente.

Correção dos ditados

Com o Método Callan, você tem pouco ou nenhum dever de casa, mas a correção dos ditados é muito importante. Eles são impressos no seu livro para que você possa corrigi-los facilmente em casa, no ônibus, ou onde quiser. Isso é importante, pois ajuda você a aprender as formas escritas das palavras estudadas nas lições anteriores.

Suas primeiras aulas com o Método Callan

Em sua primeira aula com o Método Callan, todas as perguntas e parte do vocabulário são novidade para você. Ainda não houve nenhuma revisão. Por esse motivo, talvez o professor não lhe faça muitas perguntas. Você pode se sentar e escutar, e se familiarizar com o método: a velocidade, as perguntas, a correção, etc.

A história do Método Callan – Robin Callan

Robin Callan é o criador do Método Callan. Ele é o proprietário da Callan School, localizada na Oxford Street, em Londres, e também administra a Callan Publishing Limited, que fornece material didático para o Método Callan a escolas de todo o mundo.

Robin Callan cresceu em Ely, Cambridgeshire, na Inglaterra. Aos 20 e poucos anos, ele se mudou para a Itália para dar aulas de inglês em Salerno. Embora gostasse de ensinar, Robin considerava a forma como os professores deviam administrar as suas lições ineficiente e tediosa. Fascinado pelos mecanismos da aprendizagem de idiomas, ele tinha certeza de que podia melhorar radicalmente a forma como o inglês era ensinado.

Ele permaneceu na Itália, e começou a escrever seus próprios livros para o ensino da língua inglesa. Usando esses livros em suas aulas, durante os dez anos seguintes, ele adquiriu uma enorme experiência prática e a reputação de ensinar inglês de maneira rápida e eficaz.

Ao voltar à Inglaterra, ele inaugurou sua escola na Oxford Street. O método se popularizou entre os alunos, e assim a escola cresceu e foi transferida para instalações mais amplas. Robin continuou a escrever os livros do Método Callan, e atualmente o método é usado em escolas de todo o mundo.

Robin Callan sempre foi apaixonado pela literatura inglesa e pela poesia em particular. Por esse motivo, ele adquiriu o The Orchard Tea Garden em Grantchester, perto de Cambridge, que atrai milhares de turistas todos os anos. Ao longo do século XX, foi um ponto de encontro popular entre muitos alunos famosos da Universidade de Cambridge e figuras importantes da literatura inglesa, como Rupert Brooke, Virginia Woolf e E.M. Forster. Hoje em dia, também abriga o Museu Rupert Brooke.

Callan atualmente vive em Grantchester, mas ainda participa ativamente da administração da Callan School, em Londres.

A Callan School, na Oxford Street, Londres

A maior escola particular de Londres

Callan School, na Oxford Street, é a maior escola particular de ensino da língua inglesa para estrangeiros em Londres. Dependendo da época do ano, a escola emprega entre 60 e 100 professores, e em média 1.600 estudantes atravessam suas portas todos os dias. Esse número sobre para mais de 2.000 no meio do verão, como uma pequena universidade.

Websites

Visite os seguintes websites para obter mais informações:

Método Callan www.callan.co.uk

Muitas informações, incluindo uma lista de escolas de todo o mundo que utilizam o método

Callan School London www.callanschoollondon.com/en/callan-school

Tudo que você precisa saber sobre a maior escola particular de ensino da língua inglesa de Londres

Comparação dos Estágios do Método Callan com os níveis do CECR* e os exames de inglês da Universidade de Cambridge

* Quadro Europeu Comum de Referência

É difícil comparar os livros do Método Callan diretamente com os níveis do Quadro Europeu Comum e os exames de Cambridge, mas abaixo você encontra um guia aproximado.

cefr-portugese